nov
18
0
nov
18
A segunda edição do Projeto foi de arrepiar!
Imagina um lugar cheio de alegria. Agora se imagina lá. Deve ser mais ou menos assim:

criador e criatura














Nossas reverencias e agradecimentos à todos que estiveram conosco!
Família Moreli, Adriano Dias, Helder Bittencourt, Aureluce, Bruno Ribeiro (dessa vez sorrindo pra foto!), Fiote, Deo, Ricardinho, JP e mais todo mundo que tava lá fazendo e vendo o samba entardecer!
Daqui há pouco tem mais!
0
nov
01

Abre a roda de responsa
Na segunda edição do Projeto Escuta o Cheiro, domingo, dia 16 de novembro, o grupo Casa Caiada convida e reverencia uma importante figura do samba no interior paulista. ARMANDO MORELI, músico autodidata, violonista, cavaquinista, cantor e compositor.
Moreli vive em Mogi Guaçu onde fundou e atuou em escolas de samba e fez parte de importantes projetos como o TUPEC - Tudo Pela Cultura.
Atualmente comanda o quarteto de MPB Kananga, fundado em 1994, apresenta-se com seu grupo de samba e prepara-se para gravar seu primeiro CD autoral, que reunirá composições colecionadas ao longo de 40 anos.
Foi vencedor de importantes festivais de Música Popular Brasileira e compos trilhas para teatro e curtas-metragens e sambas-enredo.
Em Campinas Moreli apresentou-se no Tonico´s Boteco, na Casa São Jorge, Deck Sousas, no projeto Samba do Mercadão e no projeto Choro no Bosque. Também foi atração no Sesc Campinas com o Kananga. Além do trabalho com seus próprios grupos, Moreli apresenta-se com freqüência com músicos daqui, entre eles o Quarteto de Cordas Vocais e os artistas Lígia Moreli, Silo Sotil (que é coisa nossa!),Tatiana Rocha e o guitarrista JP Gonçalves.
No bate-bola com o Casa Caiada, Armando Moreli deve nos contemplar com um belo repertório de sambas em suas mais diferentes levadas, do samba canção ao samba de breque, com a leveza e o sentimento típico das boas rodas de samba que os bambas sabem fazer!
Estamos imensamente felizes em recebê-lo!!! Seja sempre muito bem vindo entre nós!

Agora Escuta o Cheiro
Temos algumas novas pra contar. A roda vai começar mais cedo, portanto esperamos vocês a partir do meio dia. Haverá também uma alteraçãozinha no preço de entrada, que dessa vez é R$20. Ah… Não chora não meu preto…porque isso acontece em função dos convidados do Casa Caiada e do que serviremos naquele capricho que os que estiveram com a gente já sabem.
Na estreia quisemos oferecer um pouquinho de quase tudo que a gente sabe fazer e deixamos que as pessoas escolhessem suas cumbucas quentes entre os quatro tipos oferecidos. Foi agradinho das “tias” pra todo mundo!
Dessa vez ficam as cumbucas que tiveram mais sucesso: carne seca com abóbora, caldinho de siri e cuzcuz que é a novidade! A primeira cumbuca de caldinho de siri é cortesia e as demais (mais siri, carne seca e cuzcuz) serão cobradas a parte. A mesa de saladas continua a vontade o tempo todo e dessa vez tem caipirinha no bar!
Vem pra almoçar e passe a tarde!
0